quinta-feira, 15 de julho de 2010

* * *

"Viver é muito perigoso; e não é não. Nem sei explicar estas coisas. Um sentir é o do sentente, mas outro é do sentidor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog